Wednesday, December 21, 2016

WHY Mr. TEMER ONLY WANT THE EVIL OF THE POOR AND MISERABLE?


               Por que o Temer não gosta de melhorar a vida dos miseráveis para torná-los pobres dignos?  

      Com certeza por ele não ser um Estadista e sim um oportunista, que “compra” os votos dos miseráveis e dos pobres para atingir o Poder, neste podre regime democrático. http://www.doutrinadahumanidade.com/artigos/democracia_e_societocracia.htm

Mas para que haja pobre digno e menos milionários, temos que criar um regime político que dê oportunidade aos Governantes Estadistas; pois pobre e rico sempre existirão ( pois vai depender do Mérito de cada um), em um sistema capitalista policiado – orquestrado por um sistema econômico Keynesiano, onde haja crescimento de uma Classe Média; não com esta aberração definida hoje em dia, estruturada pela Escola de Chicago.

Para melhor entender o perfil de um Estadista Ideal, leiam o conteúdo destes dois links, que o define, para podermos nos mirar  e praticar o máximo que possamos  aplicar  ao Século XXI http://www.doutrinadahumanidade.com/artigos/procura_estadista.htm - http://www.doutrinadahumanidade.com/artigos/aos_estadistas.htm para ajustarmos ao bom desejo para nossa sociedade brasileira. http://www.doutrinadahumanidade.com/artigos/a_questao_social.htm ; assim sugiro que façam uma reflexão por meio deste artigo. http://www.doutrinadahumanidade.com/artigos/reformular_sociedade_brasileira.htm

Ao analisar o quadro político brasileiro de hoje, veio-me a mente, a indagação do por que  um homem inteligente e de frágil caráter, possui tanta maldade ao nível de nossa comunidade nacional.

Como os Sentimentos (altruísta/egoísta) são os que comandam nossa Inteligência, fui procurar saber a origem da educação dos sentimentos, que provavelmente o Presidente Temer, recebeu do ventre de sua mãe até os 14 anos de idade. E indaguei no Google, não com um objetivo de provocar  preconceitos e nem conflitos e sim analisar o comportamento de certas etnias que ficaram enraizadas, nas mentes dos seres humanos imigrantes de origem  Libanesa e Síria e seus descendentes,  pela Educação dos seus Sentimentos.  Não é discriminação e sim análise de fatos do comportamento das etnias em questão e não de raça. Não está em questão nada de raça e sim análise da Educação dos Sentimentos no seio das famílias  Libanesas e Sírias imigrantes.

     Existem imigrantes e filhos de imigrantes que podem fugir a regra. Vide Senador Bernie Sanders https://www.facebook.com/senatorsanders/  nos USA. Mas é muito raro. Para retirar qualquer espírito de discriminação, segue meu trabalho que nada tem haver com o enfoque deste artigo, mas como pode ser maldosamente interpretado ou confundido, fica aqui este registro abordando outra etnia, altamente inteligente, no entanto em sua maioria, de sentimentos predominantemente egoístas. http://www.doutrinadahumanidade.com/ANTI%20Racismo%20e%20os%20Deveres%20com%20a%20Humanidade%20IV.pdf

A alma, ou psique ou mente deste Presidente Temer é de comerciante – na mitologia romana - https://pt.wikipedia.org/wiki/Merc%C3%BArio_(mitologia) , os romanos tinham um deus representante do Comércio - Mercúrio, que também representava o deus dos ladrões. Até hoje em muitas casas comerciais, que marcam os preços dos produtos nas gôndolas; e quando de nossa passagem pelos caixas, os preços são muito mais elevados, e se você não prestar atenção, você é enganado ou roubado. Não são erros, são ações mal intencionadas.

         Para melhorar o entendimento sobre a matéria estudem os artigos do Mestre Dr. Oswaldo Truzzi - O LUGAR CERTO NA ÉPOCA CERTA: SÍRIOS E LIBANESES NO BRASIL E NOS ESTADOS UNIDOS – UM ENFOQUE COMPARATIVO - http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/reh/article/view/2133 de onde retirei os parágrafos que falam de Moral  das etnias de  imigração Libanesa e Síria.

“ Naff (1985: 247) relata-nos que, nos Estados Unidos, quando a imigração atingiu seu pico entre 1905 e 1914, os sírios integravam tais contingentes, numerosos, com cifras quase dobrando a cada ano e com a pele morena, os olhos negros, bigodes fartos e roupas surradas denunciando sua origem não nórdica. Eles se encaixavam bem na imagem estereotipada, segundo a qual teorias biológicas pseudocientíficos da época os classificavam como inferiores - tipos que diluiriam a pureza racial e enfraqueceriam a fibra moral da nação.

Mesmo assim, julga essa autora, sírios e libaneses não foram mais atingidos do que outros grupos em maior evidência, como chineses, judeus e italianos. Resta pouca dúvida, no entanto, de que sírios e libaneses tiveram de - enfrentar uma conjuntura ideologicamente adversa. E provável ainda que, se o grupo foi menos atingido que outros, isso deveu-se principalmente ao fato de não aparecer muito na sociedade. Quando notados, porém, a avaliação era impiedosa.

Em 1914, por exemplo, Ross (1914: 192-4), PhD, professor de sociologia e influente propagador do nativismo anglo-saxão, apreciou positivamente algumas virtudes encontradas nos "levantinos": "pouco dados ao álcool e à violência, dão pouco trabalho à polícia; são econômicos e solidários entre si; suas mulheres são contidas e virtuosas; são em geral inteligentes, respeitam e apreciam oportunidades educacionais para seus filhos". Entretanto, isso parece constituir uma espécie de preâmbulo para o que vem depois: o lugar certo lia época certa Por outro lado, eles tendem a se aglomerar, seus padrões de limpeza são baixos e são grandemente afligidos pelo tracoma, uma doença nos olhos que os exclui. Neles, a estreita gama de interesses realça negativamente a avidez pelo lucro, especialmente o lucro sem suor. Suas atitudes em relação às mulheres evidencia uma grande diferença entre os sexos no tocante à alfabetização e no compromisso de meninas jovens casarem-se com homens maduros muitas vezes delas próprias e desconhecidos. Esse povo ama o comércio, particularmente a barganha individual, o que alguns chamam amigavelmente de "duelo de sagacidades", mas que na verdade nada mais é que o golpe de vivaldinos sobre desavisados. Nesta época em que nosso comércio varejista felizmente adotou o sistema de preço único, estes mascates espertalhões do Levante reavivam o odioso comércio de regateios com seus engodos e velhacarias.

Que a tais imigrantes falta coragem moral e física, seus próprios amigos concordam. Eles não resolvem suas querelas face a face, mas vingam-se deslealmente pelas costas quando urna oportunidade segura aparece. O sentimento de que a verdade é um luxo pouco conveniente ao cotidiano lhes dá no comércio grande vantagem sobre a retidão anglo-saxão. Não é preciso mais que meio olho para se concluir que a "habilidade nos negócios" atribuída a tais comerciantes prósperos nada mais é que o exercício de artimanhas orientais sobre honestos. Tal quais os romanos os encontraram no extremo Mediterrâneo, assim também com eles hoje nos deparamos, bem aparentados, maleáveis, astutos, às vezes brilhantes; mas volúveis e desejosos em caráter.

Quando dois povos divergem em seus padrões como óleo e água, eles não têm interesse em se associar. Naturalmente então, os imigrantes orientais tendem a amontoar-se em colônias nas quais podem viver a seu próprio modo, manter seu orgulho e privar-se das dificuldades do ajustamento aos ideais americanos. Não apenas tais colônias, colocam em cheque o processo de assimilação justamente entre os que mais dele necessitam, mas tornam-se focos congestionados de doenças e depravações, ao lado de ninhos de propagação de falsos ideais de liberdade social e política.” 

     Ao pesquisar a noção de moral do Presidente Temer, devido a educação libanesa dos sentimentos que recebeu - nada Patriótica – nada pelo Brasil - . No meu ponto de vista este cidadão com esta formação moral não poderia ser nunca Presidente de Nossa Nação. No entanto as Famílias Libanesas e Sírias são grandiosas no que se refere ao AMOR e carinho com seus entes queridos e sociáveis com o restante da sociedade em que vivem. Ao se miscigenar o que é altamente salutar e diferente dos judeus a este respeito, melhoram bastante  seus comportamentos egoístas, podendo se tornar  Patriotas e Nacionalista. Não é caso do Sr. Temer. Vide o pensamento de um militar brasileiro quando abordou o tema Brasil, referindo-se ao político Paulo Maluf - https://www.youtube.com/watch?v=CwQaBHpvm0g , originário da mesma etnia que o atual Presidente Temer e do seu amigo Gilberto Kassab que está armando o maior rombo da história da República brasileira - Telefonia Celular. O Sr. Paulo Skaf de origem judaica está na mesma linha de atuação com suas aves amarelas.

E o que fazer agora?

   


  

       
        

       

      

      








  











1 comment:

  1. Manifestação
    https://www.youtube.com/watch?v=pT5F2AHsmuU&feature=share

    ReplyDelete